3 Dicas infalíveis para vender serviços de cloud computing

  • Compartilhar

 

*Por Marcos Andrade

Empresas que contam com parceiros de cloud computing são mais rentáveis e crescem mais rápido, segundo o estudo da IDC. A mesma pesquisa apontou que aquelas que investem mais de 50% da receita na nuvem, crescem duas vezes mais! Além de terem benefícios da nuvem privada como: redução de custos, eficiência e simplificação de processos, maior produtividade dos colaboradores e segurança com os dados empresariais.

No entanto, a venda precisa ser capaz de ir além na hora de apresentar as vantagens da computação em nuvem e trabalhar a negociação com os clientes. Confira dicas infalíveis para você vender projetos de cloud computing e atingir a meta de vendas!

1) Saiba os benefícios da nuvem privada e não somente a parte técnica
Como um especialista em soluções em nuvem informe-se bem sobre o conceito de cloud computing e assuntos relacionados como a internet das coisas (IOT). Construa um conhecimento de como diferentes serviços de cloud funcionam na prática, para assim, fazer um roteiro mental da parte mais conceitual para a mais prática quando for oferecer a solução. Em seguida, apresente as vantagens que cada solução trará para o cliente. No modelo de cloud corporativa, toda a infraestrutura necessária para rodar os sistemas de missão crítica (como ERP, CRM, WMS e e-mails) é responsabilidade do parceiro de TI, que trabalha com operações mais econômicas, rápidas, móveis e seguras. Esses três passos garantem uma venda mais assertiva das soluções de nuvem.

2) Atenda as necessidades do cliente (foco no negócio)
O que funciona bem para uma empresa pode não funcionar para outra. Oferecer a solução por si só não traz valor para o potencial cliente. É importante entender a dor do prospect e mostrar como ajudá-lo a diminuir e, em alguns casos, sanar os desafios do nicho do mercado dele. Estude a empresa do cliente antes e vá com cases que mostram como os desafios foram superados e como economizar com cloud computing. Por exemplo, a indústria de alimentos Belarina desejava expandir a operação e dobrar a capacidade de produção, pulando das 15 mil toneladas/mês de trigo, para cerca de 35 mil toneladas/mês. Terceirizando a infraestrutura de TI com um serviço de cloud corporativo a empresa obteve a economia e segurança que precisava para expandir o seu negócio. Leia o case completo aqui.


3) Faça contas para destacar a economia da private cloud

Contratar o serviço de computação na nuvem traz economia para a empresa, já que ela deixa de se preocupar com hardware, licenças, mão de obra, treinamento, consultoria, para transferir essas responsabilidades para o parceiro de TI. Imagine contar com uma equipe completa, 24 horas por dia, sete dias por semana, trabalhando para aumentar a segurança dos dados e poder também personalizar quais são os serviços e de que tamanho precisa, evitando gastos com dimensionamento  de infraestrutura e contratação de mão de obra. Faça as contas de quanto custa um data center físico, manutenções que ele demanda ao longo do tempo e mais alguns analistas somente para suporte técnico e compare com o valor do serviço na nuvem que você está oferecendo. Impossível o prospect não perceber que estará fazendo mais com menos e não querer contratar na hora!

Seguindo essas dicas, suas vendas de projetos de cloud computing ficarão mais assertivas A CorpFlex está preparada para sempre ajudar o cliente apresentando oportunidade de crescimento com os benefícios da nuvem privada! Boas vendas!

Leia em nosso ebook sobre os 10 critérios mais importantes para selecionar um fornecedor de cloud computing, clicando aqui.

*Marcos Andrade é CMO da CorpFlex

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa