4 dicas para otimizar o uso da internet na sua empresa

  • Compartilhar

 

*Por Marcos Andrade

Lidar com quedas de links e reduções na velocidade da rede corporativa é algo que, infelizmente, é muito comum na vida de muitos gerentes de TI. Garantir a disponibilidade de internet dentro de uma corporação é algo essencial sobretudo em tempos de transformação digital, quando as novas tecnologias se mostram necessárias para melhorar o fluxo de trabalho e aumentar a produtividade de seus colaboradores. Sendo assim, o que fazer para deixar o ambiente virtual de seu negócio sempre disponível e funcionando à todo vapor? Confira quatro dicas para otimizar o uso da internet na sua empresa.

#1- Identificando e bloqueando aplicações

Quem trabalha com gestão de ambiente de TI precisa estar sempre atento e identificar, dentro de sua rede corporativa, o uso de aplicações que demandam muita banda de seus links de internet e que não são tão essenciais para o fluxo de trabalho da empresa. Como exemplo, podemos citar serviços de streaming de música e vídeo, cujo uso pode ser regulado ou até mesmo bloqueado, seja totalmente ou em horários específicos.

Serviços de VoIP (voice over IP) também se enquadram neste perfil. Porém, como muitas corporações utilizam tal tecnologia para comunicação interna e externa, é preciso ter mais cuidado antes de restringir o seu uso. De qualquer maneira, balancear os links é essencial para que a sua banda dê prioridade às aplicações que são realmente importantes para o seu core business, deixando outros softwares e serviços em segundo plano.

#2- Utilize cache de proxy

O conceito é simples: quando um colaborador de sua empresa visita uma página da web, seu conteúdo é salvo em cache no seu servidor proxy (responsável por intermediar de forma segura a conexão interna e externa do ambiente corporativo). Sendo assim, da próxima vez que aquele site for acessado, ele carregará muito mais rápido (pois seu conteúdo já estará salvo no servidor) e não consumirá banda de seus links. Esse método também dá ao funcionário a impressão de que a conexão é muito mais veloz do que ela realmente é.

#3- Cuidado com as atualizações e backups

Em vez de permitir que cada um dos computadores de sua rede corporativa baixem atualizações críticas individualmente (como os pacotes do Windows Update), é muito mais econômico configurar um servidor inteiro para centralizar o download dos arquivos e então torná-los acessíveis para as máquinas dos colaboradores.

Quem trabalha com gestão de infra de TI também precisa ficar atento aos serviços de backup em nuvem utilizados em seu ambiente — geralmente, esses aplicativos lhe permitem configurar o máximo de banda que será utilizada para enviar as cópias de segurança ao servidor em cloud. Lembre-se de estar atento à esse detalhe, pois, caso contrário, a aplicação pode requerer demais dos seus links e tornar a conexão lenta.

#4- Conte com um serviço de suporte gerenciado

A melhor forma de garantir a disponibilidade e a estabilidade de seu ambiente virtual corporativo é utilizando serviços gerenciados de TI. Tendo um aliado preparado para auxiliá-lo em momentos de necessidade, o gestor é capaz de identificar problemas proativamente e resolvê-los antes que causem algum prejuízo financeiro ou afetem a produtividade de seus colaboradores.

A CorpFlex trabalha com redundância de links, o que significa que, caso um link caia, outro entra automaticamente em seu lugar, garantindo a disponibilidade da conexão. Conheça mais a fundo nossas soluções de suporte gerenciado e de acesso seguro, e venha conversar conosco para apresentarmos uma proposta que mais se adapte às necessidades da sua empresa.

*Marcos Andrade é CMO da CorpFlex

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa