Admiração com cloud computing entre os CIOs só cresce, diz estudo

  • Compartilhar

Fonte: CIO – Setembro de 2013

Mais uma boa notícia em torno da computação em nuvem : “as perspectivas para os provedores de serviços em nuvem parecem muito boas. Quase metade dos participantes de uma pesquisa da IDG com executivos de TI acredita que a nuvem será transformacional para suas estratégias de negócios e 40% já determinaram que suas equipes de TI investiguem o potencial da nuvem. Apenas 5 por cento não vêm nenhum uso para os serviços em nuvem”.

Ficou claro, a partir da pesquisa, que a maioria dos entrevistados acredita que a nuvem tem ou terá um efeito positivo em seus negócios. De fato, 56% disseram que o uso de serviços na nuvem acelerou o valor do negócio, fornecendo acesso a aplicações e a dados críticos de negócios.

O uso estratégico de dados é um benefício da cloud computing, mas é um valor que vai muito além de todos os benefícios de custos operacionais. A maioria das empresas ainda tem de entender esse fato, mas ele vai se tornar facilmente perceptível à medida que mais serviços de análise de dados forem escalados na nuvem.

A pesquisa IDG era mais abrangente do que a maioria das pesquisas que vejo. Feita por e-mail, a partir de sites das publicações do grupo como a InfoWorld e a Computerworld, registraram cerca de 1,4 mil respostas, 58% delas de executivos de TI e 17% de funções de TI de nível médio. Empresas que responderam à pesquisa disseram ter gastado 44% dos seus orçamentos de TI em cloud computing e esperavam que isso aumentasse para 51% até 2015.

Três tendências revelados pela pesquisa:

1 – A computação em nuvem não tem muitas desvantagens, considerando a resposta muito positiva desta e de outras pesquisas.

2 – A bolha que muitos previram parece não estar próxima. Na verdade, o uso da computação em nuvem parece ser mais uma evolução, estilo de crescimento mais lento de adoção da tecnologia, e não uma revolução, um movimento radical e massivo.

3 – As empresas estão começando a entender o verdadeiro valor que a computação em nuvem pode trazer. Isto significa que o uso estratégico dos dados de negócio e o acesso a aplicações de missão crítica da empresa não seriam possíveis de implantação no curto parzo em muitas empresas se não fosse a nuvem.

Eu suspeito que há mais uma boa notícia por vir, mas espero também que algumas nunca cheguem. Tanto o sucesso e o fracasso são saudáveis.

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa