Como a Cloud Computing pode me ajudar a vender mais? Mitos e Verdades

  • Compartilhar

 

*Por Rafael Torres

Poucas tecnologias terão o crescimento que será experimentado pela cloud computing. Até o final da década, haverá crescimento de 20% por ano na adoção desse tipo de solução, é o que revela estudo recente do IDC. Mas mesmo com tanto potencial, alguns clientes ainda têm muitas dúvidas sobre o tema, não é mesmo?

Se dúvidas e objeções fazem parte da rotina, saber responder prontamente sobre cloud corporativa é fundamental para que os leads ganhem confiança. Algumas delas são frequentes, por isso, aqui vai uma lista rápida para você consultar e aproveitar a expectativa positiva do mercado:

Objeção 1- Na verdade, não sei bem o que é e como funciona a cloud computing.

Como reverter: o conceito de nuvem permite acessar serviços pela internet, sem a necessidade de instalar programas específicos no seu computador. Você já usa a nuvem quando acessa seu e-mail, o Dropbox, iCloud, Google Maps, entre outros.

No modelo da cloud corporativa, toda a infraestrutura que uma empresa precisa para rodar seus sistemas de missão crítica (como ERP, CRM, WMS e e-mails) é responsabilidade do parceiro de TI, que trabalha com operações mais econômicas, rápidas, móveis e seguras.

Objeção 2- É muito para o meu negócio, não preciso de tanta tecnologia.

Como reverter: se TI não é o foco da empresa, não se preocupar com manutenção de infraestrutura é muito benéfico! Além disso, um estudo encomendado pela Dell revelou que 90% das médias empresas brasileiras afirmam ter algum tipo de aplicação em nuvem. Outro da IDC afirma que metade das companhias (53%) espera que a adoção de recursos de computação em nuvem gere um aumento de suas receitas ao longo dos próximos dois anos.

Objeção 3- Cloud computing é algo caro.

Como reverter: o investimento nesse modelo chega a ser até 50% menor do que no modelo tradicional. Além disso, segundo a KPMG, 54% das empresas que adotaram o conceito entendem que houve aumento na produtividade de seus funcionários. Outro ponto a ser abordado é que não é preciso contratar e manter profissionais especializados para garantir uma operação de alta performance. O fornecedor se responsabiliza pelo desempenho e disponibilidade dos sistemas, viabilizando a inovação na empresa.

Objeção 4 – Não é seguro.

Como reverter: o Gartner afirma que a cloud é mais segura com base em três princípios:

  1. Não há casos em que um provedor de nuvem tenha sido atacado;
  2. As empresas desse setor fazem investimentos massivos em segurança e em pessoal capacitado;
  3. Todo o negócio do provedor depende de sua reputação e se ele for atacado, é possível vir a falência.

A CorpFlex garante controle de acesso aos sistemas de missão crítica, também mantém a segurança física do data center e ainda utiliza recursos de criptografia para proteger os dados da empresa.

Objeção 5 – Como garanto que terei suporte adequado quando precisar?

Como reverter: a CorpFlex tem um checklist de crise para garantir que a empresa estará assistida 100% do tempo e mostra como isso vai acontecer. O cliente não será atendido por uma central e sim por um grupo dedicado, e também terá acesso direto aos principais gestores da empresa, tendo em mãos o telefone de todos os envolvidos no seu contrato.

Objeção 6 – E se eu precisar de mais serviços do que contratei?

Como reverter: o modelo cloud é flexível, pois num pico de demanda é possível modificar o contrato de forma simples e rápida. A elasticidade de oferta, permite a alocação automática de um número maior de servidores caso aumente a demanda por processamento. Da mesma forma, é igualmente fácil retroceder no tamanho do volume contratado, respeitando a dinâmica do negócio.

Objeção 7- Cai a internet e fico sem sistema?

Como reverter: existe um forte trabalho de monitoramento e balanceamento de link para evitar esse tipo de problema,sempre com o intuito de reduzir custos e prevenir interferências no ambiente. No entanto, se acontecer, é a equipe da CorpFlex que entra em contato com as operadoras de telecomunicações até a solução do problema. Ela ainda fica responsável por gerenciar o SLA que a empresa tem contratado, buscando as melhores condições para o cliente.  

É importante que você, vendedor, tenha em mente essas retóricas e esteja preparado quando for conversar com o prospect, demonstrando confiança na solução que você está oferecendo. Para um melhor desempenho no encontro com o seu potencial cliente, estude também fatos e dados da cloud corporativa para fortalecer seus argumentos de vendas e prepare um check-list de visita.

*Rafael Torres é Gerente de Marketing e Alianças da CorpFlex

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa