Data center: internalizar ou terceirizar? Faça os cálculos

  • Compartilhar

 

Saber exatamente quanto custa o setor de TI de uma empresa é um desafio. São tantas demandas que se torna inviável calcular precisamente os orçamentos da área: um HD que se esgota, uma fonte que queima, um data center que deixa de operar em alto desempenho. O outsourcing de TI é uma solução que pode simplificar os cálculos. Quem reconhece isso é a empresa de locação de mobiliário corporativo e residencial John Richard, que resolveu terceirizar serviços ao descobrir que gastaria entre R$ 400 e R$ 500 mil para renovar a estrutura de TI. Conhecendo esse caso, você deve se fazer apenas uma pergunta. Data center: internalizar ou terceirizar?

A resposta simplifica os gastos do setor e traz uma descoberta: a da possibilidade de ganhos de governança ao terceirizar seu data center. O servidor em casa perde espaço para o cloud computing por motivos óbvios: a conta não fecha. Anote e mensure os custos: segurança digital, acesso físico, acesso seguro, energia e instalações elétricas, atualizações tecnológicas, espaço físico, planos de contingência e a limitação de crescimento, que é o principal desafio do server on premises. Dependendo do porte da empresa, a equação pode ultrapassar os milhões.

Diante disso, a private cloud enxuga custos com servidor. Que o diga a Viver Construtora e Incorporadora, que reduziu 52% de seus gastos com infraestrutura de TI ao adotar a terceirização possível com a virtualização de dados. Gastar menos é um dos cinco benefícios da escolha de um outsourcing de TI confiável.

# Redução de Custo em infraestrutura de TI

A equação com algumas de suas variáveis foi anotada. Mas uma lista do IBGE completa o cenário do setor de tecnologia da Informação. São centenas de itens que compõem investimentos. Significa que a contabilização de gastos ainda não acabou. A estrutura mais dispendiosa e importante da TI é o data center. Ele centraliza dados, como governantes despóticos, exigindo tratamentos tão especiais quanto os da realeza: ambiente climatizado, alimentação de primeira, cuidados constantes e segurança acima de tudo.

# Monitoramento e gerenciamentos avançados

Identificar, mapear e gerenciar toda a infraestrutura relacionada à tecnologia da informação são tarefas de monitoramento que fazem parte dos serviços de outsourcing de TI. Agir antes dos problemas acontecerem é uma das soluções que não somente evitam gastos, mas desgaste da mão de obra investida na resolução de demandas. Com a monitoração você consegue visibilidade total sem investimentos estruturais.

# Infraestrutura física adequada à segurança

Não sobrecarregar as instalações elétricas do ambiente em que se encontra o data server é uma missão que coloca a TI nas mão das engenharia elétrica, área que o CIO não é habituado a dominar. Geralmente, esse profissionais entram em ação nas emergências, o que significa curto circuito, mau funcionamento, sobrecarga, quedas de energia. Com a dádiva da virtualização, o ambiente do servidor está na nuvem, longe de qualquer preocupação terrena.

# Armazenamento de mídias e backup em local seguro

Tudo bem que você queira ter sempre um backup à mão, mas na nuvem ele está ainda mais seguro. Os dados são mantidos na private cloud, sob a operação de plataformas de servidor como a FlexPod. Essa solução em cloud computing, reúne recursos de storage da NetApp, somados aos servidores e rede da Cisco. As duas maiores empresas em seus respectivos segmentos tornam o impossível viável: você consegue a melhor tecnologia com o armazenamento e acesso rápido que precisa para sua empresa crescer.

# Segurança da informação

Segura está a informação que não corre risco de perda, seja por invasão ou por falhas de infraestrutura e sistema. Nada mais frustrante do que descobrir a perda de arquivos ou de não conseguir executar aplicativos de missão crítica. Plataformas como a FlexPod garantem que os serviços oferecidos pela CorpFlex estejam no topo do mercado de TI. Performance significa segurança. Se é isso que você procura, vai encontrar no serviço de Command Center CorpFlex.

Os desafios diários da TI estratégica passam pelo reconhecimento da cloud computing como aliada nos ganhos de governança ao terceirizar seu data center. Controle garantido, ampliação de processos de segurança, redução de custos, aumento de desempenho e muito mais no que diz respeito ao gerenciamento de TI fazem parte da escolha da nuvem privada certa.

Descubra mais no ebook Como a TI estratégica é um diferencial competitivo no varejo, clicando aqui

Por: Marcos Andrade, CMO da CorpFlex.

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa