De folga? Veja filmes de gerenciamento estratégico de segurança da informação

  • Compartilhar

 

Você já se imaginou como protagonista de filmes ou séries que encenam conflitos onde a segurança da informação aparece ameaçada por harckers? Você ficou pensando em como resolver ou impedir alguns problemas, arquitetando soluções? Lembra do Bug do Milênio, em A Armadilha (1999), dirigido por Jon Daniel?

Virginia Gin Baker, vivida por Catherine Zeta Jones, trabalha em uma corretora de seguros e desconfia que Robert Mac MacDougal, na pele de Sean Connery, é autor do roubo de uma obra de Rembrandt, pintor holandês. Mas o que isso tem a ver com gerenciamento estratégico de segurança da informação?

O filme já começa com um rapel por uma fachada de arranha-céu envidraçada. A descida é controlada por um equipamento programado para travar na altura exata de onde está localizado o Rembrandt. Para pegar o ladrão, Gin arquiteta uma armadilha: será aliada do bandido em um roubo de máscaras avaliadas em US$ 40 milhões. Como ela convence Mac a topar a parceria, se os objetos ficam no Palácio Bedford? Ele argumenta que a estrutura é bem guardada, ao que ela responde:

Por um código de acesso que é trocado diariamente, do qual tenho a chave.

Convencido, Mac parte para a segunda etapa do plano e os dois roubam um filme — como aquele usado em câmeras analógicas. Nesta caixinha onde fica guardada a bobina do negativo estão o mapa do palácio e do sistema de segurança. Isso tudo acontece em 1999, a 15 dias da virada do milênio.

Se a imaginação de escritores já era assim naquela época, imagine em tempos de Big Data! E não são apenas os roteiristas que andam criativos atualmente. Por isso, é preciso investir em Firewall e Acesso Seguro, para não facilitar o trabalho dos vilões.

Aproveitando esse clima cinematográfico, você já pode colocar na sua lista estes cinco filmes, que têm tudo a ver com os desafios do seu dia a dia.

#Mr. Robot (seriado de 2015)

Uma ode ao Hacktivismo, Mr. Robot é uma série de TV norte americana que traz no enredo um programador que sofre o dilema de uma jornada dupla. Durante o dia, Elliot Alderson, interpretado por Rami Malek, é engenheiro de segurança de uma companhia. Mas passa a noite como hacker vigilante. Até que é convidado a participar de um grupo de Hacktivistas pelo líder, Mr. Robot, para executar uma missão especial: destruir a companhia para a qual Elliot trabalha. Christian Slater dá vida ao líder hacker da série criada por Sam Esmail. Neste caso, não há Firewall nem Acesso Seguro que resolvam o problema do gerenciamento estratégico de segurança da informação.

#O Jogo da Imitação (2014)

Essa obra, baseada em fatos reais, narra a quebra de um código nazista em 1939 e é uma verdadeira aula de criptografia. Claro que não está centrado na técnica de quebra dos códigos, mas no espírito que move a descoberta e a criação de uma máquina para decifrar códigos. A Agência de Inteligência Britânica MI6, recrutou o criptoanalista Alan Turig, então aluno da universidade de Cambridge, que se tornou herói por desvendar a máquina de enigmas nazista, salvando milhares de vidas. Mortem Tyldum dirigiu esse longa estrelado por Benedict Cumberbatch.

#Steve Jobs (2015)

O Steve Jobs, do diretor Danny Boyle, ganhador de dois Globos de Outro por Quem quer ser um bilionário, é apimentado. Traz os três principais lançamentos da carreira do inventor, a começar pelo computador Macintosh e todo o mito da criação que sai da garagem para o mundo em 1984. Quatro anos depois, Jobs cria sua nova empresa, a NeXT. O terceiro lançamento histórico, ainda anterior ao IPhone, é o do iMac G3, em 1998. Toda essa linha do tempo é narrada mostrando os conflitos pessoais de Steve com a filha Lisa, cuja paternidade ele não reconhecia. Boyle também lembrou do prêmio “Aguentei Jobs”, que condecorava funcionários da Apple. O convidado a viver o CEO da Apple foi Michael Fassbender, em um longa diferente de tantos outros lançados sobre a vida do inventor contemporâneo.

#Hacker (2015)

Um gênio da informática que é também ex-prisioneiro: essa mistura forma o conflito do personagem interpretado por Chris Hemsworth. Nicholas Hathaway é solto pela polícia para ajudar em uma investigação. Ele deve participar de uma emboscada contra criminosos. A história percorre as cidades de Chicago, Los Angeles, Hong Kong e Jacarta. Quem assina a obra é o diretor Michael Mann.

#Citizenfour (2014)

Este não é somente baseado em fatos reais, trata-se de um documentário que conta a história do caso de vazamento de informações da NSA (Agência Nacional de Segurança dos EUA), que estaria violando a privacidade e espionando cidadãos de todo o mundo. Edward Snowden era analista de sistemas da agência e enviava documentos secretos a Laura Pointras, sob o pseudônimo de Citizenfour. Pointras é conhecida por seus documentários de apelo político e recebeu por anos documentos sigilosos, logo após os ataques terroristas de 11 de setembro. Este é o maior caso de vazamento de informações da história recente, partindo do time interno das maiores agências de segurança e por que não? , de espionagem.

Essa lista inspira você a pensar que a TI é uma aventura e pode ser apreciada com leveza, desde que seja possível desfrutar do conhecimento e das ferramentas certas. O que significa não estar vulnerável  adotando soluções de Firewall e Acesso Seguro que podem ser o segredo do seu enredo de gerenciamento estratégico de segurança da informação. Conte com a CorpFlex na sua história!

Leia também o e-book gratuito, “Como uma atuação inovadora ajuda a área de TI a ser mais estratégica”. 

 

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa