Santamália Saúde investe em nuvem para hospedar Erp

  • Compartilhar

Foto: Hospital Bosque da Sáude – Grupo Santamália

Como parte da unificação da administração dos sistemas de seus 17 centros médicos, uma operadora de saúde e dois hospitais, o Grupo Santamália – um dos maiores complexos de saúde de São Paulo e região do ABCD – contratou a solução de private cloud e sistema de monitoramento da CorpFlex para hospedar a aplicação TASY, um ERP desenvolvido especificamente para o setor hospitalar e de convênios médicos.

Com investimento anual de R$ 300 mil e um contrato de 36 meses, o Grupo Santamáliaprecisava de uma infraestrutura com alta disponibilidade que pudesse garantir a segurança de dados dos seus 16 servidores de aplicação, um servidor de Banco de Dados e ainda fosse capaz de suportar o crescimento da empresa. “Optamos pela solução de cloud computing da CorpFlex por apresentar a melhor relação custo-benefício. O suporte gerenciado, tecnologia de ponta e uma infraestrutura escalável foram fatores decisivos no processo de escolha”, afirma Daniel Rocha, gerente de TI do Santamália.

Para Rocha, a tecnologia em nuvem foi a melhor opção para hospedar o ERP da companhia e garantir a centralização das informações, pois o Santamália possui unidades de saúde e hospitais que operavam de forma independente. “Antes da hospedagem em nuvem nosso ambiente de TI estava todo concentrado em um único local, qualquer falha no fornecimento de energia, por exemplo, colocava em risco a qualidade de toda nossa operação. Hoje, além dos ganhos em segurança e qualidade técnica, contamos com uma equipe altamente especializada e dedicada no controle e monitoramento do nosso ambiente de TI, 24 horas por dia, ininterruptamente”, comenta.

Segundo o gerente de TI, o Grupo Santamália iniciou o processo de implantação de sua infraestrutura em abril do ano passado. Os servidores de aplicação e Banco de Dados já foram migrados para a cloud e o projeto deve estar concluído até novembro desse ano. “É um tempo recorde se formos analisar a complexidade do sistema, que é responsável por processar cerca de mil conexões simultaneamente”, garante Daniel Rocha.

Atualmente, mais de 215 mil usuários são beneficiados pelo sistema do Grupo Santamália e segundo Rocha, a expectativa é expandir esse número até o final de 2014. “Estamos investindo no aprimoramento da nossa tecnologia a fim de dar o melhor atendimento para os associados, reduzindo custos e aumentando nossa produtividade. Dessa forma seremos mais competitivos e assertivos em nossos processos internos”, prevê.

Se Interessou? Fale com a nossa equipe comercial – Clique Aqui

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa