Gafor opta por terceirização de TI com CorpFlex

  • Compartilhar

Fonte: Segs 23 de Março de 2010

Com mais de 60 anos de atuação no mercado latino-americano, o Grupo Gafor vem crescendo sensivelmente e levando sua área de atuação para além do segmento de Logística, incluindo nichos como: Distribuição, Empreendimentos Imobiliários, Agropecuária e Comércio de Veículos. A fim de dar suporte às necessidades de gestão organizacional, o Grupo – que conta com 4,5 mil colaboradores e mais de 40 filiais no país – está adotando o modelo de outsourcing (Infraestrutura como Serviço) e hospedando os softwares de ERP e Logística no data center da operadora tecnológica CorpFlex.

Cenário anterior: necessidade de update

Com um parque de servidores e sistemas operacionais que precisavam de maior capacidade de processamento e de atualização, somado ao volume de contratempos rotineiros em TI, o Grupo Gafor optou por terceirizar este ambiente. Segundo Marcos Bertoncelo, gerente de TI do grupo, a sua equipe passou a se dedicar a melhorias e também a projetos relacionados às atividades-fim da organização. “A possibilidade de alinhar as estratégias de TI aos objetivos da empresa nos permite dar maior visibilidade a esta área, mostrando a importância da tecnologia no suporte à expansão do grupo”, declara.

Antes, os servidores da empresa estavam alocados em um data center na modalidade collocation – que oferecia local específico, estrutura de refrigeração e um mínimo de serviços para o funcionamento do ambiente –, mas toda a gestão era feita pela equipe interna de TI do Grupo Gafor.

Agora, o Grupo Gafor hospeda 1TB de dados corporativos com a CorpFlex, que são monitorados 24 horas por dia, por uma equipe especializada, garantindo assim contingência e sistema de comunicação estável. Redução na aquisição de licenças de software, garantia da Qualidade do Nível de Serviço, agilidade no caso de novas operações, mais espaço físico para armazenamento de dados e tecnologia de ponta são os principais benefícios apontados por Bertoncelo.

No modelo IaaS, tudo é pago mensalmente de acordo com o uso e os serviços prestados. “Esta modalidade nos permite acompanhar as necessidades do Grupo Gafor na mesma velocidade em que negócios são concretizados, empresas são adquiridas e novas filiais são abertas ou transferidas de localidade. Temos mais flexibilidade, o que garante que a TI não seja uma barreira no crescimento da companhia”, afirma Bertoncelo sobre a nova capacidade de escalabilidade.

O Grupo Gafor também está implantando duas VPNs (redes virtuais privadas) com a CorpFlex, integradas a firewalls que garantem sistema de comunicação seguro às informações que circulam nas redes.

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa