A atuação do gestor de TI é decisiva para reduzir custos na crise

 

*Por Marcos Andrade

Reportagem divulgada em dezembro de 2015 pelo jornal Folha de S. Paulo dá conta de que a recessão enfrentada atualmente já é a mais longa desde o lançamento do Plano Real. Economistas têm evitado fazer projeções de médio e longo prazo, porque a cada dia surgem fatos novos que alteram o cenário e prejudicam a visibilidade do futuro.

Em meio a um cenário de incertezas e sem uma luz no fim do túnel, as empresas vão continuar apertando os cintos. Nesse momento, o gestor de TI tem um papel de fundamental importância nas corporações, afinal, a escolha da tecnologia certa é capaz de reduzir drasticamente os custos da empresa e otimizar os processos internos.  

No e-book gratuito “A crise e o gestor de TI: oportunidade para o posicionamento estratégico, com foco na redução de custos” ID28 você viu como a TI deve atuar nesse ambiente de negócios conturbado e que a terceirização é a melhor aliada para driblar a crise atual.

A escolha do parceiro ideal refletirá nos resultados não só do departamento de TI, mas nos da empresa como um todo, e para ajudar na definição do melhor fornecedor, algumas características são fundamentais. Ele deve:

  1. Atender clientes do mesmo porte ou segmento da sua empresa, apresentando cases de sucesso que comprovem a experiência e capacidade técnica.
  2. Ter capacidade de entender o seu negócio para oferecer soluções completas, aderentes e escaláveis, oferecendo um SLA de 99,5% ao mês.
  3. Ter uma postura proativa para monitoramento da infraestrutura contratada. Profissionais especialistas acompanham o desempenho do seu ambiente e tomam ações preventivas para garantir excelente performance.
  4. Fazer a gestão do SLA (Service Level Agreement) com as operadoras de Telecom para manter a disponibilidade de rede , evitando que sua equipe tenha que abrir chamados e fazer o acompanhamento, no caso de queda de conexão ou lentidão da rede.
  5. Garantir uma equipe constantemente treinada e 100% certificada em metodologias reconhecidas no mercado, como ITIL (Information Technology Infrastructure Library) e COBIT (Control Objectives for Information and Related Technology), por exemplo.
  6. Oferecer a flexibilidade dos serviços sob demanda, permitindo a contratação mais adequada ao seu caixa e sua necessidade.  

Um parceiro altamente especializado, com as características apontadas acima, é capaz de imprimir excelência na sua operação diária, liberando seu tempo para as atividades fundamentais neste momento: foco na estratégia da empresa e redução de custos.

*Marcos Andrade é CMO da CorpFlex

corpflex

Como sua empresa pode reduzir os custos com Operação de TI

Baixe agora o E-book e tenha acesso a dicas imperdíveis de soluções tecnológicas que trarão economia surpreendente em infra de TI para sua empresa

Baixar eBook

Posts relacionados

  • disaster-recovery

    Plano para Recuperação de Desastres: o seu TI tem um?

    Disaster Recovery é uma expressão em inglês que significa Recuperação de Desastre, é um conjunto de políticas e procedimentos que tem por objetivo, garantir a recuperação ou a continuidade de uma infraestrutura de TI depois de ter acontecido algum sinistro

    Leia mais
  • O papel do gestor de TI na segurança da informação

    Leia mais
  • Compliance e governança corporativa ao seu alcance com cloud

    Leia mais