Como gerenciar o banco de dados da empresa?

  • Compartilhar

 

*Por Marcos Andrade

O banco de dados pode ser considerado a “mina de ouro” de uma organização. É por meio dele que a empresa consegue se relacionar com clientes e fornecedores. Por isso, é fundamental monitorar o banco de dados para evitar que ele seja alvo de ações de criminosos virtuais, que tentam sequestrar informações em troca de dinheiro ou bitcoins.

Portanto, controlar quem tem acesso a esses dados e manter a segurança deles é essencial para assegurar a continuidade do negócio. Nesse sentido, muitas vezes é indicado que as companhias utilizem um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados, ou seja, um SGBD,  para monitorar essas informações. Quer entender melhor sobre o assunto? Acompanhe!

Como fazer análise comparativa de SGBD’s e gerenciar o banco de dados?

Para escolher o produto que melhor se encaixa para sua empresa, é necessário fazer uma análise comparativa de SGBD’s e definir entre seus benefícios, funcionalidades e custo. Além disso, o gestor deve se preocupar em como vai gerenciar o banco de dados.

Muitas vezes, é difícil encontrar profissionais qualificados para montar uma equipe técnica dentro da empresa. E essa estratégia também pode onerar muito a companhia, visto que demanda pesquisa, entrevistas, negociação de salários e pagamento de tributos.

Desse modo, a melhor possibilidade para o gestor que busca eficiência e praticidade é a contratação de serviços terceirizados. Muitas empresas possuem experiência em diversos modelos de SGBD para monitorar as informações.

Logo, isso diminui os custos na contratação de mão-de-obra qualificada e garante eficiência e controle dos dados. Além do que, os profissionais poderão fazer a identificação de eventuais problemas rapidamente e evitar prejuízos à segurança da informação.

Quais são os benefícios de contratar um serviço para gerenciar o banco de dados?

Uma empresa que busca atenção contínua de uma equipe para monitorar o banco de dados precisa contar com profissionais especializados e 100% dedicados. Nesses casos, torna-se vantajoso terceirizar o sistema de gerenciamento de banco de dados para obter mais segurança nas informações. Confira os benefícios:

Acompanhamento constante

A equipe terceirizada pode monitorar o banco de dados 24 horas por dia, 7 dias por semana. O que é diferente de contratar um profissional para essa atividade, pois você terá que se preocupar com os intervalos normais de trabalho.Assim, será possível controlar os dispositivos de rede, servidores e aplicativos para prevenir interferências no ambiente. A empresa ganha ainda em produtividade, pois os especialistas podem prevenir ocorrências e detectar situações antes que elas causem grandes estragos.

Ganho em segurança

Você não quer correr o risco de perder seus dados para o concorrente, correto? Ao associar o sistema de gerenciamento de banco de dados a uma equipe técnica qualificada, você aumenta os níveis de segurança da companhia.

Com uma equipe atenta, é possível garantir a segurança de servidores e assegurar o atendimento de todas as demandas da empresa. Isso porque os profissionais monitoram os dados com frequência e fazem as atualizações de todos os softwares e ferramentas de proteção.

Atendimento personalizado

Cada empresa possui necessidades específicas e, por isso, os profissionais também precisam estar preparados para atender bem o cliente. Quando você contrata um serviço para gerenciar banco de dados, a terceirizada assume o compromisso de resolver os problemas técnicos sempre que eles surgirem.

Isso garante que sua equipe de TI possa focar a atenção nas necessidades básicas da corporação, enquanto os especialistas administram as plataformas de banco de dados e os sistemas.

Como você viu ao longo do artigo, escolher um SGBD confiável é essencial para assegurar que as informações da corporação fiquem protegidas. Mas, só isso não basta. É fundamental contar com uma equipe especializada para monitorar o banco de dados de maneira contínua.

Gostou deste artigo? Então, aproveite para saber por que contar um um administrador de banco de dados para o seu negócio!

*Marcos Andrade é CMO da CorpFlex

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa