NFe na nuvem: caminho sem volta da TI para um varejo mais competitivo

  • Compartilhar

 

*Por Marcos Andrade

No varejo a cloud computing, definitivamente, veio para ficar. Isso porque todos os estados estão se preparando para aderir ao projeto da NFCe (Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica) que substituirá os documentos fiscais em papel e que propõe uma verdadeira revolução da TI para um varejo mais competitivo. Se por um lado, o documento eletrônico vai reduzir os custos de obrigações acessórias para os contribuintes e dar mais segurança para o consumidor, de outro, obrigará os varejistas armazenarem esses arquivos XML gerados em cada transação comercial por cinco anos, resultando em um passivo gigantesco para as empresas.

Mas surge a velha dúvida do gestor de TI com relação à gestão de risco ao disponibilizar as notas fiscais na nuvem (#ID78). Afinal, o varejo é missão crítica a cada operação no caixa eletrônico e na maquininha do cartão de crédito. E se o sistema na nuvem cair na hora da venda? O consumidor desiste e vai embora sem comprar. No entanto, ao fazer a análise de risco em TI o CIO vai acabar se convencendo que a nuvem certa é a melhor saída. Confira porque a cloud corporativa  é a melhor solução da TI para um varejo mais competitivo:

#Armazenamento

Pense em uma grande rede de supermercados ou lojas de departamento, cada uma com milhares de transações sendo realizadas diariamente gerando um arquivo XML para ser arquivado de maneira organizada. E mesmo aquela pequena padaria perto da sua casa vai arquivar o documento fiscal de cada venda em um HD externo (dispositivo periférico que armazena dados)? Imagine a vulnerabilidade que um sistema offline pode gerar. Os custos, o tamanho da infraestrutura de TI e os riscos associados para armazenar esta massa de dados e documentos seria inviável para empresas de varejo de qualquer porte. Um sistema de cloud corporativa desenvolvido por um fornecedor especializado garante redundância dos dados com segurança e disponibilidade de acesso por meio de um serviço de firewall gerenciado .

#Compartilhamento

As notas fiscais armazenadas na nuvem certa podem ser compartilhadas e acessadas de maneira remota. A primeira vantagem disso é a mobilidade, já que os gestores poderão acessar as notas emitidas de qualquer computador ou dispositivo móvel bastando apenas uma conexão com a internet. Em plena era digital, nada mais importante do que ter os documentos fiscais da empresa sempre à mão em qualquer hora e lugar.

#Gestão

O armazenamento dos documentos fiscais na nuvem é feito de forma inteligente e segura. São indexados de modo que a busca seja facilitada, proporcionando agilidade, confiabilidade, eliminando erros e retrabalhos. Esta vantagem pode ser plenamente apreciada no momento de gerar o SPED do ano fiscal e, mais ainda, se o Fisco solicitar um determinado lote de notas emitidas num determinado período destes cinco anos. O extravio destes documentos pode levar à autuações e multas.

Com isso, o varejista fica tranquilo em relação às obrigações com o Fisco e o gestor de TI pode direcionar os esforços em como apoiar de forma estratégica a verdadeira missão da empresa: atender melhor o seu cliente e vender mais.

A CorpFlex é o parceiro ideal da TI para um varejo mais competitivo. Confira as nossas histórias de sucesso em projetos de cloud corporativa.

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa