Transformação Digital: 6% das empresas se consideram avançadas na transformação digital

  • Compartilhar

 

Apenas 6% das empresas podem ser consideradas como ‘Transformadas’, ou que já apresentam algumas iniciativas para modernização do ambiente de TI, revelou a segunda edição do Estudo sobre a Maturidade da Transformação de TI, encomendado para a ESG que ouviu 4000 profissionais de liderança, sendo 200 deles no Brasil.

Oitenta e um por cento dos que responderam ao estudo concordam que a Transformação da TI é essencial para que as empresas permaneçam competitivas no mercado. E 96% dos entrevistados responderam que suas organizações têm iniciativas de digitalização dos negócios no radar, sejam elas ainda na fase de projeto, em implementação ou já implementadas.

Ainda de acordo com o estudo, entre as empresas mais avançadas na Transformação da TI, 67% afirmam que estão significativamente à frente dos concorrentes, contra apenas 3% das organizações que ainda não iniciaram o processo de transformação do ambiente tecnológico. Além disso, essas organizações já transformadas têm 2,5 vezes mais confiança de que serão bem-sucedidas em seus mercados nos próximos cinco anos.

O Estudo sobre a Maturidade da Transformação da TI dividiu as empresas em quatro grandes grupos, de acordo com a preparação do ambiente tecnológico para suportar a digitalização das operações. A maioria (45%) encontra-se no que o levantamento classifica como ‘Emergentes’, pois já têm a implementação mínima de tecnologias associadas ao data center moderno. Em segundo lugar, representando 43% da base, estão as organizações ‘Em Evolução’ e que estão mais avançadas do que as anteriores (Emergentes), mas têm um nível de modernização tecnológica moderado.

Ainda segundo o estudo, o mesmo percentual de empresas (6%) encontra-se dividido entre o primeiro e o último estágio de Transformação da TI, batizados respectivamente pelo estudo como ‘Legadas’ – e que ainda não atendem à maioria dos requisitos para um data center moderno – e como ‘Transformadas’ – já apresentam avanços nas iniciativas para modernização do ambiente tecnológico.

Entre as descobertas do Estudo sobre a Maturidade da Transformação de TI, o levantamento aponta que as empresas Transformadas são duas vezes mais propensas a ter metas de receita maiores neste ano, em relação a 2017, quando comparado às organizações legadas. Além disso, as organizações que têm um ambiente de TI já transformado tendem a alocar 17% a mais dos orçamentos anuais de Tecnologia da Informação para inovação do que as que ainda encontram-se no estágio inicial.

Ainda em relação aos resultados das empresas Transformadas, o estudo mostra também que:

O triplo delas completa os projetos de TI antes do prazo

São dez vezes mais propensas a implementar a maioria das aplicações antes do tempo previsto

Em comparação com as legadas, 14% mais completam os projetos de TI dentro do budget e gastam 31% menos em aplicações críticas para o negócio.

Fonte: Convergência Digital

Comentários

  • Compartilhar

Posts Relacionados

Quem já está na nuvem certa